Um dia de cada vez

Depois de um tempo sem fazer alguma coisa que você executava com frequência, fica bem difícil voltar ao estágio que estava.

Dá vontade de se esforçar ao máximo para chegar lá rapidamente. Você até se esforça. Tenta mesmo. Mas sabe que o tempo é seu inimigo.

O tempo que você parou não volta. E o tempo que vai gastar para o retorno é duro de encarar. Parece que não tem fim.

Isso vale para tudo. Tanto na profissão quanto nos treinos esportivos. Perder a mão, o jeito, a rapidez para um trabalho é difícil; ou ainda, perder as pernas, a agilidade de um treino comum também é difícil da mesma forma. Tudo explode no mesmo lugar. Na cabeça.

E ela que deve ser trabalhada. Ter calma, saber esperar, dar o tempo necessário para se voltar.

Alcançar o objetivo é difícil. Manter ele é ainda mais complicado. Agora, retomar a glória de tempos passados é uma tremenda (re)conquista. Afinal, você já sabe o que fez, onde chegou e as pedras que teve de escalar para superar os desafios. Sabe que cansou e que levou tempo. Falava em até nunca mais passar por isso de novo. E agora resolve retomar esse caminho.

Na profissão ou nos treinos da bike e de corrida, é preciso se dedicar. Acreditar que você chegará lá e não dar tanto ouvido aos ruídos externos. São só ruídos. Vá com tudo na direção que acredita ser a certa. Acredite! Você conseguirá chegar novamente ao topo.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s