#Maratona #SP #42k

Exatos sete meses depois da primeira maratona de São Paulo, rolou a segunda. Data diferente, clima diferente, percurso diferente, performance diferente. O que fez a  diferença? Vamos lá.

Na primeira maratona em 17 de outubro, eu não havia treinado para ela. Mas estava treinando. Tinha uma média de 90 km mensais, chegando a atingir 120 km em um dos meses. Não é um treino para maratonista mas a diferença era que eu tinha a rodagem.

Acumular quilometragem é um dos segredos para uma boa maratona. Com isso na bagagem você não sentirá tanto o fator clima nem o percurso.

No dia da prova o clima estava seco e quente. A temperatura bateu os 36°C, o asfalto fritava, o percurso tinha um trecho gigante na marginal Pinheiros, com mal cheiro e sem água. A meteorologia confirmou como o dia mais quente do ano. Prova pesada!

Apesar disso tudo corri bem, ao lado de um amigo que estava bem cansado. Ele até parou algumas vezes. Eu voltei e não deixei ele parar. Deu certo.

Esse ano foi diferente. Largada com 13°C e sensação de 10°C. Do meio da prova até o fim, a temperatura não passou dos 25°C. Boa hidratação. Faltou a batata e o gel. Falhas normais da #yescom. Mas eu tinha levado minha dose de energéticos, bisnaguinhas e sal. A yescom forneceu Gatorade. E laranja, isso lá pelo km 35.

Mesmo assim corri pior. E tive a certeza que a base do treino vale muito mais do que um percurso plano ou um clima favorável para correr. Com uma boa base e um acúmulo de quilometragem mensal, você consegue fazer qualquer prova, desde que respeite principalmente a sua própria condição física. Performance é o resultado de treinar especificamente para a prova (percurso, distância, altimetria).

Fica um elogio a #yescom pela mudança no percurso que tirou o chato e fedorento trecho da marginal. E fica uma ressalva aos que insistem em sair na frente, fora da faixa de tempo que estabeleceu. Você sabe como vai correr, como treinou. Acha mesmo que, no dia da prova, vai correr um minuto/km mais rápido? Falta de educação e noção.

E fica um recado para mim mesmo. Treinar direito para uma próxima prova longa. E volte a pedalar.😉

image

image

image

image

image

image

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s